10.6.08

A Terra em miniatura

Se pudessemos reduzir a população da Terra a uma pequena aldeia de exactamente 100 habitantes, mantendo as proporções existentes actualmente, haveria:
61 asiáticos
12 europeus
13 africanos
8 norte-americanos
5 sul-americanos e caribenhos
1 da oceania
50 mulheres
50 homens
9 são deficientes
74 não brancos
26 brancos
33 cristãos
18 muçulmanos
14 hindus
6 budistas
13 seguem outras religiões
16
não têm religião
Das 100 pessoas,
6 pessoas possuem 59% de toda riqueza
16 vivem sem saneamento básico
18 vivem sem água potável
13 passam fome ou sofrem de desnutrição
14 não sabem ler
1 pessoa estaria a ponto de morrer
1 bebé estaria prestes a nascer
• Só 7 têm educação universitária
• Apenas 12 pessoa possuem um computador. E somente 3 com ligação à internet.
• A aldeia gasta 1,12 trilhões de dólares em despesas militares e 100 bilhões de dólares em ajuda humanitária.
18 sofrem para sobreviver com menos de 1 dólar por dia e 53 sofrem para viver com menos de 2 dólares por dia.
Ao analisar o nosso mundo desta perspectiva tão reduzida, faz-se mais presente a necessidade de aceitação, entendimento, e educação.
Agora pensa...
Se te levantaste esta manhã com mais saúde do que doença, então, tens mais sorte do que milhões de pessoas que não sobreviveram nesta semana.
Se nunca experimentaste os perigos da guerra, a solidão de estar preso, a agonia de ser torturado, ou a aflição da fome, então, estás melhor do que 500 milhões de pessoas.
Se pudeste ir à tua igreja sem medo de ser humilhado, preso, torturado ou morto, então, és mais afortunado que 3 bilhões de pessoas no mundo.
Se tens comida no frigorífico, roupa no armário, um tecto sobre a tua cabeça, e um lugar onde dormir, és mais rico que 75% da população mundial.
Se guardas dinheiro no banco, na carteira, e tens algumas moedas num mealheiro... já estás entre os 8% mais ricos deste mundo.
Se os teus pais ainda estão vivos e unidos, és uma pessoa muito rara.
Se leste esta mensagem, tens uma bênção: tens mais sorte do que mais de 2 bilhões de pessoas neste mundo, que não sabem sequer ler.
(sim... nem todos os textos têm que estar escritos em papel... :))

7 Posfácios:

Blogger Mikas escreveu...

Cada vez que leio isso (seja onde for) até me arrepio. As coisas são tão estranhas.

Beijinho amiga *

10/6/08 22:59  
Blogger Azoth escreveu...

Muito interessante ver o mundo nessa perspectiva.

15/6/08 18:54  
Anonymous Anónimo escreveu...

Muitissimo mal elaborado. Principalmente quando diz que apenas 4 seriam americanos, e depois ainda diz que os 6 mais ricos seriam americanos. Se tem só 4, como é que 6 podem ser os mais ricos? O limite seria 4.

21/6/08 04:36  
Anonymous Anónimo escreveu...

Muito tosco!
Como 6 ameircanos podem ser ricos se só existem 4?
xD

21/6/08 05:17  
Blogger éme escreveu...

=)
Infelizmente, é assim...

23/6/08 23:18  
Blogger Saraï escreveu...

Efectivamente o Sr. Anónimo tem razão... as contas estão erradas... se ele somar as "nacionalidades" dos continentes nem sequer prefaz 100...
Mas de facto... este texto é-me importante não pelo número de americanos ou não, mas sim pelo notório desequilíbrio social, cultural e político que existe num mundo que é de todos nós.
Ao Sr. Anónimo prometo que, assim que obter os valores correctos das "continentalidades", farei as devidas correcções.

30/6/08 17:24  
Blogger Saraï escreveu...

E pronto! Os números estão actualizados segundo os últimos dados disponíveis. Lembro que os números sofrem mudanças ao longo dos anos... até dos dias... e o objectivo aqui é fazer uma reflexão sobre a tendência.

30/6/08 18:45  

Enviar um comentário

<< Home